domingo, 25 de outubro de 2015

06 dicas para tirar a progressiva e voltar a ter cachos

Olá meninas, tudo bem?

Hoje em dia muitas de nós preferimos cabelo cacheado, outras liso... mas como fazer quando fazemos a progressiva e queremos voltar com os cachos?
Primeiramente é preciso ter muita paciência, pois o processo em muitos casos pode ser demorado.

Eu tenho o cabelo cacheado, e por sinal muito bonito. Alguns bons anos atrás eu comecei a fazer a progressiva mas nunca deixei de gostar do cabelo cacheado, o problema é que agora quando eu quero meus cachinhos estou usando babyliss, e para ser sinceras, o natural sempre é mais bonito.

Por esse motivo eu fui em busca de como recuperar meu cabelo e algumas dicas na minha pesquisa foram bastante válidas a ponto de achar que valia a pena compartilhar com vocês, visto que muitas devem passar pelo mesmo caso que eu.
A dúvida é sempre a mesma, e agora será que vai ficar bom? Quanto tempo vai levar para eu ficar com o cabelo bonito de novo? Vai dar mais trabalho do que o cabelo liso...

Acho que esse conjunto de dúvidas sempre aparece. Mas acredito que devemos pensar se vai valer a pena, se vai ficar mais bonito ou não. 
Estamos vivenciando uma era onde a aceitação para todos os assuntos vêm melhorando a cada dia, e o natural está cada vez mais sendo preservado. 
Assumir o cabelo rebelde e/ou os cachos faz parte de assumir sua identidade, um perfil que pode dizer muito mais de você e que também pode ser bastante interessante. 

Vamos as dicas


1) Shampoo anti-resíduos
Lavar as madeixas com shampoo anti-resíduos a cada 15 dias para retirar aos poucos o produto do cabelo. Após o uso do shampoo faça sempre uma hidratação com reconstrução para não deixar os fios muito secos.

2) Umectação como óleos vegetais
Os cabelos cacheados e encaracolados tendem a ser mais ressacados na extensão das pontas, o motivo é que o formato caracol dos fios impedem que a oleosidade natural do couro chegue a extensão dos cabelos. Fazendo a umectação semanal vai ajudar os fios a se manterem mais alinhados e sem frizz. 

3) Mude o corte de cabelo
Os cabelos encaracolados não ficam muito bem com cortes retos, o ideal é um corte repicado, em camadas e com pontas desconectadas para dar mais volume e balanço. Além de ficar mais bonito ajuda na formação dos primeiros cachos.

4) Secador próprio para o seu cabelo
Para manter os cachinhos o ideal é secar os cabelos com difusor, além de secar ele por um todo vai ajudar a defini-los. Ao seca-los não esqueçam do ativador térmico de cachos.

5) Disfarçar as mexas que ainda estão lisas
Como o processo pode ser demorado, algumas pontas vão ficar lisas e outras vão ficar aneladas. Para disfarçar você pode usar um ativador de cachos nos cabelos ainda molhados. A aplicação é fácil, basta passar por todo cabelo e ir amassando bem os fios para ficar naquele formato. Após o cabelo secar, nunca penteie, use as pontas dos dedos para solta-los caso necessário.

6) Reconstrução dos fios
Procedimentos a base de queratina e aminoácidos são importantes para recuperar a massa capilar perdida com a progressiva. No começo da reconstrução é indicado fazer a cada 15 dias para não pesar muito os fios. Outro procedimento é feito com ácido hialurônico, ele é muito eficaz para eliminar a porosidade dos fios e deixa-o macio.

Não caia na tentação de voltar a fazer progressiva no meio do caminho rs nós mulheres sabemos o quão o cabelo é importante em nossas vidas rsrsrs mas pense no resultado que vai ficar e que vai valer muito a pena. 
Todo o tipo de cabelo precisa de hidratações semanais para ficar lindo e viçoso, mesmo que não dê para ir ao salão sempre, faça em casa, no mercado e na própria internet você consegue achar boas opções para fazer sozinha.

Se vocês souberem de outras formas para ajudar nesse processo comente e compartilhe conosco. Sua opinião é muito importante para nós.

Beijos da Mari

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Tendência primavera verão 2016

Olá pessoal, 

Será o que nos prepara as tendências de moda para esta primavera quentíssima e o verão que está por vir?

Por tudo que pesquisei vem muita coisa bacana e para todos os estilos, confira abaixo o que você pode aproveitar nestas estações mara. 




Estilo lady like

Em busca de romantismo e delicadeza, o próximo verão vai destacar o estilo lady like. Os looks que seguem está linha resgatam o visual dos anos 50, com saias midi e saias rodadas de cintura marcada, cores suaves e estampadas de flores. 


Color block

O color block é uma tendência que andou meio esquecida no verão 2014, mas que será retomada com força no próximo ano. Desta vez, as cores blocadas vão dividir espaço em uma única peça de roupa. Os tons serão mais claros e separados por estampas geométricas. 


Estilo sport chic

As mulheres que gostam de usar um look mais despojado e confortável poderão recorrer ao estilo sport chic.
A tendência, que tem um pezinho nos anos 90, propõe o uso de shortinho com elástico, tecidos tecnológicos, zíperes aparentes, roupas de telinha e tênis.  


Tecidos fluídos 

Para enfrentar o calor do verão, nada melhor que usar uma roupa leve e fresquinha. As principais grifes apostaram em tecidos fluídos para elaborar as suas coleções e também optaram por cortes amplos para valorizar o caimento das peças. 


Estampa da natureza

A natureza está sendo incorporada pela temporada de moda verão 2016 através das estampas. As roupas são ilustradas com maxiflores, coqueiros, paisagens inteiras e desenhos tropicais. As cores também procura imitar a fauna e a flora como é o caso do verde cáqui. 


Acabamento vazado

As mulheres que desejam colocar a sensualidade em destaque poderão apostar nas roupas com acabamento vazado. Estas peças deixam a pele um pouco mais a mostra. 


Cores suaves e delicadas

O verão 2016 não terá apenas cores vibrantes e energéticas, pelo contrário, o sucesso ficará por conta da paleta candy color. Esta tendência valoriza as cores suaves, doces e delicadas, como é o caso do rosa clarinho, azul bebê, do salmão e o do lilás. 


Laranja

O laranja é uma cor quente e cheia de energia, por isso tem tudo a ver com a temporada de verão. Nas coleções de grandes marcas, ele aparece em várias tonalidades e combinado a outras cores.


Tendência para o verão 2016

Veja um resumão de tudo que vai estar em alta nesta temporada. 







Fonte: http://www.muitochique.com


Agora que você já sabe de tudo que vem por ai e tenho certeza que vem mais coisa ainda, você já pode começar a usar tudo que tenha a ver com você e seu estilo, pois nada adianta de seguir uma moda que não se pareça com você. 

E, o mais importante é você se sentir bem e confiante.


Beijos da Mari

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Os looks mais top do Rock in Rio

Olá pessoal, 


Que o Rock in Rio foi um sucesso todo mundo sabe. 
Mas vocês já viram no instagram quanto look bacana que rolou por lá?
Ainda não? É por isso que eu vou postar para vocês o que algumas atrizes usaram neste evento bacanéeeerrimo.




A Marina Ruy Barbosa, linda e ruiva foi toda poderosa com esse look super sexy. 

Você pode apostar no look parecido nos links abaixo:



                               


27 coisas que provocam a celulite

Olá pessoal, 

Mais uma vez estou aqui falando da danada celulite. 
A temperatura está alta e com isso acabamos mais usando vestidos, shorts, biquínis... e as abençoadas ficam mais em evidência quando não cuidamos.

Pesquisando sobre, descobri que não só a gordura que provoca celulite e vim compartilhar com vocês mais uma matéria muito bacana. 


Primeiramente é importante sabermos o que de fato é a celulite. 

Ela é uma lesão nas fibras que sustentam a epiderme e a camada de gordura fazendo com que a pele fique repuxada, o que dá o aspecto dos tais furinhos indesejáveis. A primeira má notícia é que a ocorrência da celulite é bem mais comum entre as mulheres. De acordo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, 08 em cada 10 têm algum grau de celulite porque é mais fácil no sexo feminino a gordura acabar se acumulando nas coxas, quadris e nádegas. A segunda má notícia é que alguns hábitos e escolhas rotineiras facilitam mesmo o aparecimento da celulite.

Aliados para o acúmulo da celulite  =(

1 Salto alto
Usar muito o salto alto prejudica a circulação e aumenta, sim, a predisposição para o aparecimento da celulite. Intercale o salto com sapatos baixos, para amenizar o mal.

2 Cigarro
O cigarro prejudica a circulação, diminuindo a quantidade de oxigênio e nutrientes, e aumentando a produção de radicais livres. Fumo e nicotina afetam a qualidade do sangue que chega até a pele, prejudicando sua elasticidade e facilitando o aparecimento da celulite.




3 Refrigerante
O vilão é o açúcar, e não o gás. Além disso, refrigerantes contêm muito sódio (inclusive os diet) e, por isso, geram retenção de líquido no organismo, o que produz inchaço e colabora para o aparecimento do problema.


4 Café
Cafeína em doses altas prejudica a microcirculação e aumenta o estresse. Em pequenas doses, até 3 xícaras de café por dia, até pode funcionar como termogênico. A substância metil-xantina faz a gordura de dentro da célula ser usada como combustível

5 Noite mal dormida
Um sono ruim pode contribuir para a liberação de hormônios do estresse que promovem retenção de líquidos no corpo, favorecendo a celulite. Dormir bem, tendo entre 7 e 8 horas de descanso, é fundamental para saúde e beleza do corpo.

6 Bebida alcoólica
Álcool em excesso faz o corpo produzir grandes quantidades de radicais livres, que são moléculas instáveis que reagem oxidando e danificando as células, além de impedirem a absorção de nutrientes.



7 Descontrole no trânsito
Quando estamos em momento de estresse, o organismo libera cortisol e insulina para dar energia, aumentando o nível de glicose disponível, o que compromete a microcirculacão. Sobretudo, respire.


8 Anticoncepcional
Por conter os hormônios estrogênio e progesterona, a pílula anticoncepcional provoca alterações no metabolismo e promove a retenção de líquidos, estimulando ou agravando o quadro.


9 Muito tempo na mesma posição
Levante da cadeira a cada duas horas, use as escadas, ande mais a pé, pare o carro em uma vaga distante do seu trabalho. Com pouco esforço, você melhora a circulação e previne a celulite.


10 Calça jeans apertada
Roupas muito justas não causam celulite, mas podem piorar seu aspecto, pois prejudicam o retorno venoso, resultando em inchaço.


11 Postura inadequada
Outra ação que favorece a retenção de líquidos é a postura inadequada. Esse mau hábito também interfere na deposição de gordura no corpo.


12 Falta de proteção
Os raios solares UV agridem o colágeno, o que torna a celulite ainda mais visível. Por isso, é importante passar protetor solar em todo o corpo, inclusive nas regiões em que a celulite é mais evidente.


13 Dietas rigorosas
Quando você segue uma dieta rigorosa, devido à falta de alimentos e nutrientes, o corpo começa a se alimentar de seus próprios músculos e se esforça para acumular gordura, que é o que cria a celulite.


14 Excesso de peso
Apesar de não ser exclusiva em mulheres com excesso de peso, a celulite costuma ser mais grave em pacientes com estas características. Portanto, atenção ao seu índice de massa corpórea.



15 Efeito sanfona
Toda flacidez é mais facilmente adquirida através do efeito sanfona, quando há grandes perdas e ganhos de peso em um curto espaço de tempo. O efeito iô-iô é um dos que mais propiciam celulite e estrias.


16 Baixa ingestão de líquidos
Beba água, sempre. Pessoas que bebem pouca água ao longo do dia acabam tendo maiores problemas de circulação e consequentemente retendo mais líquidos. Essa é uma das causas da lesões na pele.


17 Sedentarismo
Sedentarismo e, eventual, sobrepeso ou flacidez são dois gatilhos para celulite. Você pode evitá-la fazendo exercícios regulares, cerca de 1 hora por dia. Uma boa circulação e musculatura saudável ajudam a prevenir a celulite e colaboram com a melhora da pele.


18 Alimentação inadequada
Dietas não balanceadas e ricas em calorias e sal ajudam no ganho de peso e na retenção de líquidos, que também agravam a celulite.


19 Predisposição genética
Fatores hereditários como a propensão à obesidade e até baixa concentração de colágeno na pele, podem influenciar no aparecimento da celulite também.


20 Baixa ingestão de frutas e legumes
A fibra alimentar natural evita a formação de celulite. Além disso, elimina a constipação e faz com que o sangue circule corretamente para as pernas.


21 Alterações hormonais
Para algumas mulheres é comum a ausência de menstruação por um ou mais ciclos, causada por alterações hormonais que também acometem a menopausa. Estas disfunções podem levar ao aparecimento das lesões na pele.


22 Alimentos doces e calóricos
Os alimentos calóricos, incluindo os refrigerantes e os doces em geral, favorecem o ganho de peso e o acúmulo de gordura localizada, fatores que agravam a celulite.


23 Comida industrializada
Além de muito açúcar, a comida industrializada pode conter muita gordura e sal, um dos piores inimigos da pele. É necessário ingerir no mínimo dois litros de água para eliminar o excesso de sódio no organismo. Caso contrário, ele aumenta a retenção de líquido do corpo levando a má circulação.



24 Estresse no trabalho
O organismo das mulheres que sofrem com alto nível de tensão libera uma quantidade excessiva de hormônio, que ativa o armazenamento de gordura. Isso leva o corpo à retenção de líquido e ao surgimento de celulite.


25 Brigar com namorado
A situação estressante, além de cortisol (citado anteriormente) libera um hormônio chamado grelina, que aumenta a fome e a vontade de “comidinhas gordas”.


26 Maturidade
A celulite geralmente se inicia na puberdade e aumenta com a idade, principalmente devido à associação de fatores, como o uso de anticoncepcionais, a reposição hormonal, o aumento de peso, entre outros. Mas um dos maiores desencadeantes aparece depois dos 30 ou 40 anos: a flacidez, que, implacavelmente, só aumenta com a idade.


27 Não malhar
Nos quadris e coxas existem cerca de cinco vezes mais células de gordura, de maior tamanho, do que nas outras áreas do corpo. Sem falar na região do culote, que concentra os carboidratos, açúcar dos refrigerantes e frituras. Algum tipo de exercício para tonificação muscular só deve ajudar.


Com esta listagem de coisas da pra gente tentar pegar mais leve em algumas coisas que nem imaginávamos que ajuda no aparecimento da celulite. 
Não sei vocês, mas todos esses itens, se conseguimos diminuir e/ou evitar passamos a ter principalmente uma qualidade de vida. 
Espero que tenham gostado e que seja útil para vocês como foi para mim. 
Fontehttp://www.bolsademulher.com


Beijo da Mari


segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Cabelo loiro no verão: como cuidar

Olá meninas, 

Pra quem tem cabelo platinado ou bem loiro como o meu sabe que alguns cuidados são básicos. 
Mas a pergunta é: Como cuida-los no verão e primavera que está bem quente e acabamos indo mais a praia e a piscina?

Há quem diga que o loiro platinado seja uma espécie de tendência atemporal do verão. Ou seja, está sempre na moda e na cabeça das mulheres na estação mais esperada de todo e qualquer ano. E o intuito é um só: arrasar em meio às praias, o sol e o mar. No entanto, o loiro platinado carece de uma série de cuidados especiais, o que faz com que a mulher se prepare de maneira correta para que o seu cabelo suporte a água do mar, da piscina e o próprio sol, fatores que agridem o cabelo.
Tendo consciência de que o cabelo é a moldura do rosto, é preciso ter o máximo de cuidado com ele. Sendo o loiro platinado a cor da vez, os cuidados precisam ser redobrados para que a autoestima da mulher permaneça em alta.

Loiro Platinado – Cuidados Especiais
Para que o loiro platinado suporte a todos os componentes do verão, tal como a água do mar, a piscina e o sol forte, você deve recorrer a uma série de artifícios para que o cabelo suporte esta atmosfera:
  • - Aposte na água mineral: Uma das melhores dicas de como cuidar do cabelo loiro platinado é lavá-lo com água mineral antes e depois da piscina. Isso evita que o cabelo fique esverdeado devido a ação do cloro.
  • - Capriche na hidratação: Para que seu loiro platinado permaneça lindo e com uma cor vibrante, não se esqueça da hidratação, pois ela é essencial. Não adianta ter uma bela cor se os fios não estiverem saudáveis, não é mesmo? Por isso, é fundamental fazer hidratações completas nos fios, pelo menos uma vez por semana.
    • Recomenda-se retocar a raiz a cada duas semanas. Eu retoco normalmente a cada 02/03 meses para não deixar os fios muito quebradiços, pois com as luzes consigo o efeito desejado e não preciso fazer a descoloração total da raiz.
    • Produtos específicos para esta tonalidade, como o shampoo – por exemplo, também são altamente recomendados.
    • - Aposte no leave-in e nos óleos: Para manutenção da saúde dos fios o leave-in e o óleo reparador são fundamentais. Os dois devem ser aplicados após as lavagens, mas o óleo também pode ser aplicado no cabelo depois de seco para tirar o frizz e melhorar a hidratação das pontas. O leave-in proporciona balanço ao cabelo e protege dos efeitos do sol, enquanto o óleo reparador reduz o frizz e oferece mais brilho.
    Fonte: http://www.platinumvisage.com.br

    Beijos da Mari


domingo, 13 de setembro de 2015

Inspire-se nos esmaltes usados pelas atrizes de I Love Paraisópolis

Olá pessoal, 

Que a novela está fazendo um sucesso todo mundo sabe, mas além disso a cada novela as atrizes são fontes de inspiração para outras mulheres no quesito moda, beleza e esmaltes. 

Veja abaixo as cores usadas por algumas atrizes.


   Bruna Marquezine, no papel de Marizete aposta em branquinho neve. 


   Natasha, interpretada por Carolina Oliveira, investe em um esmalte azul mais fechado.


  Margot é interpretada por Maria Casadevall e exibe um esmalte vinho tradicional.


   Mariana Xavier, interpreta Claudete, e aposta em um esmalte rosa quase vermelho.


   Tatá Werneck aposta em um rosinha claro para a sua personagem Danda.


   A chef de cozinha Olga, interpretada por Paula Barbosa, quando não está de luvas, mostra um tom azul diferenciado.


   Luana Martau, a Mirela de I Love Paraisópolis, costuma alternar entre um tom de marrom com fundo vermelho e um azul pastel.


  A vilã Soraya, interpretada por Leticia Spiller, usa um esmalte metalizado, que dá um efeito sofisticado.


E sua cor favorita, qual é? 

Beijo da Mari

A invasão do tênis branco - Está super na moda

Olá pessoal, 


Quando pensamos que já tínhamos visto de tudo e que aquela modinha dos anos 90 não resurgirá estávamos muito enganados. Quem não lembra daquele Reebok branco com cheirinho de novo no início do ano escolar? Eles voltaram meninas, ou melhor, eles nunca se foram, apenas foram ofuscados por outros tipos de tênis e sapatos, mas continuam sendo um super clássico, porém agora clássico em looks modernetes.

O acessório tem sido frequentemente utilizado em produções nada convencionais e saíram definitivamente da combinação com calças jeans e bermudas. Agora fazem parcerias com calças de alfaiataria e com vestidos - isso mesmo - vestidos com tecido leves e delicados.



O legal do tênis branco que ele cria um ar cool no look e trás descontração até para as roupas mais pesadas. 
Você tem opção de vários modelos para combinar com sua roupa preferida. 

E ai o que vocês acharam desta trend? Vão aderir? 
Eu gosto tanto do cano curto quanto do estilo botinha, agora vamos ver se essa moda vai me pega rs.

Beijo da Mari


sábado, 18 de julho de 2015

Saiba tudo sobre celulite e como reduzi-las

Olá pessoal,
  Quem nunca se deparou com os furinhos ou irregularidades na pele e entrou em desespero?



  A maioria das mulheres possuem celulite, mas você sabe de fato o que é?
Em busca de resultados e saber como faço para acabar com as abençoadas que apareceram em meu corpo sem pedir licença fui em busca de informações para todas nós, afinal conhecimento nunca é demais, ainda mais com conteúdo que pode nos ajudar muito. 

O que é Celulite?


  Lipodistrofia Ginóide é o nome técnico e correto da "celulite’, já que o termo também se refere à infecção bacteriana do subcutâneo, mas fora da esfera medica o termo já está consagrado. A celulite é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que essas células fiquem cheias e endurecidas, deixando o local com desníveis (ondulações e retrações) e nódulos, que se manifesta externamente através dos furinhos indesejados na e/ou em "casca de laranja". É causada por alterações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação e consequente aumento do tecido fibroso.

  A celulite não é uma condição médica grave, mas pode causar desconforto nas mulheres por causa da aparência que confere à pele.

Quais são os tipos?

  Os graus de celulite são avaliados por meio da “Cellulite Severity Scale”, um método desenvolvido pelas dermatologistas brasileiras Doris Hexsel, Camile Hexsel e Taciana Dal Forno. Essa nova classificação avalia a celulite de forma mais objetiva, e já é reconhecida internacionalmente.
Essa classificação avalia as principais características clínicas da celulite, sendo elas:
  • Número e profundidade de depressões
  • Aspecto das áreas elevadas da celulite
  • Presença de lesões elevadas
  • Presença de flacidez
  • Graus da antiga classificação.
  Cada um dos itens acima recebe uma pontuação de zero a três, e a soma total dos pontos vai mostrar se a celulite é:
  • Leve (1 a 5 pontos)
  • Moderada (6 a 10 pontos)
  • Grave (11 a 15 pontos).
  Além disso, de acordo com a nota de cada característica já é possível determinar como deve ser o tratamento mais eficaz. A utilização dessa nova escala define com maior precisão os graus de celulite, levando em consideração os detalhes clínicos mais relevantes para cada paciente.
Causas da celulite

  Existem vários fatores para uma pessoa desenvolver celulite. O excesso de peso é um fator determinante, mas muitas mulheres que tem o peso normal, ou mesmo abaixo do normal, podem apresentar uma alteração no equilíbrio entre a quantidade de gordura do corpo e a massa muscular. Então, uma mulher magra pode ter uma proporção maior de gordura e menor de musculatura, mantendo normal ou baixo o seu peso final. Este excesso de gordura, associado à ação dos hormônios femininos e alterações na microcirculação e nos e linfáticos acabará formando celulite. Existe também fatores externos como cigarro, estresse, má alimentação, poluição e falta de exercícios físicos.

Fatores de risco

  A ocorrência da celulite é bem mais comum entre as mulheres do que entre os homens. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, oito em cada 10 mulheres têm algum grau de celulite. Isso ocorre porque é mais comum nesse sexo a gordura se acumular nas coxas, quadris e nádegas – áreas comuns para a celulite. Também é mais frequente nas mulheres devido à estrutura das fibras do tecido conjuntivo feminino, que é diferente da do homem, o que propicia o aparecimento da celulite.
  Ter celulite não significa que você está acima do peso. Até mesmo pessoas magras podem ter. Mas, se você está acima do peso, a perda de peso pode reduzir a celulite.
Outros fatores que influenciam a quantidade de celulite que você tem e como é visível incluem: 
              


  •  Má alimentação
  • Dieta rica em gordura
  • Metabolismo lento
  • Sedentarismo
  • Alterações hormonais
  • Desidratação
  • Gordura corporal total
  • Espessura e cor da sua pele, sendo que a celulite tende a ser menos visível na pele mais escura.
Tratamentos e cuidados para celulite

Especialistas que podem diagnosticar ou acompanhar o tratamento da celulite são:
  • Dermatologista
  • Cirurgião Plástico

Drenagem linfática 

  Indicada para todos os graus de celulite, tem melhores resultados nos casos iniciais, a drenagem linfática é uma massagem voltada à melhora da circulação local e eliminação de líquidos acumulados nos tecidos. A drenagem também tem um papel importante na prevenção e nas regiões atingidas pela celulite ajuda a diminuir pequenos nódulos de gordura aprisionados no tecido. O método diminui a sensação de inchaço, e apesar de não reverter os casos mais avançados, pode melhorar os sintomas
Massagem modeladora
  Enquanto a drenagem linfática estimula a eliminação do líquido acumulado no corpo, a massagem modeladora atua tanto sobre o sistema linfático quanto sobre as placas de gordura. Na verdade a massagem modeladora sozinha para quebrar gordura praticamente não tem resultado mas combinada a aparelhos com congelamento de gordura (Criolipolise), Laser , ultrassom ou , radiofrequência têm seus efeitos potencializados.

Creme anticelulite

  Ainda não há uma solução definitiva contra a celulite. Os tratamentos também dependem de uma alimentação equilibrada, da prática regular de exercícios, da predisposição genética, entre outros fatores. O uso de cremes anticelulite, tem seu efeito questionado e deve estar associado a outros tratamentos e hábitos saudáveis para surtir efeito. O mercado oferece opções com retinoides, castanha da Índia, extrato de chá verde e diversas outras composições. Em geral, a melhora discreta da microcirculação e o estímulo à produção de colágeno, o que melhora um pouco a celulite.

Endermologia

  A endermologia é um tratamento não invasivo que usa um aparelho motorizado composto por um sistema de sucção e dois rolos. Os movimentos do aparelho estimulam a circulação e promove a drenagem linfática, o que diminui a celulite. Recomendado nos graus moderados e graves. Visualmente, a pele fica com menos irregularidades e com aparência renovada. Como todos os tratamentos, essa técnica deve ter manutenção.

Radiofrequência

  Este é um dos tratamentos eficazes contra a celulite. Ele estimula a produção de colágeno, o que diminui as traves fibrosas que retraem o tecido e deixam a pele cheia de furinhos. O aparelho utiliza uma radiação eletromagnética de alta frequência que faz com que as moléculas de água se agitem, aumentando a temperatura. O procedimento não é invasivo e não traz qualquer prejuízo à pele. Além disso, é um dos mais duradouros, por reestruturar o tecido de maneira mais intensa. É indicado para todos os graus de celulite, principalmente nos casos em que há flacidez associada.

Mesoterapia

  A mesoterapia é uma técnica que utiliza um coquetel de medicamentos para diminuir a gordura no local tratado, de acordo com a dermatologista. O princípio básico da técnica é a aplicação de uma pequena quantidade dessas substâncias na área a ser tratada. Ao se espalhar pelo organismo, o coquetel estará diluído, o que reduz o risco de efeitos colaterais. Mas, dependendo da aplicação e da administração dos medicamentos, o resultado pode ser prejudicial. Como o tratamento é invasivo, ele não é indolor e pode deixar hematomas. É fundamental associar o tratamento a um treino regular, à alta ingestão de líquidos e a uma alimentação equilibrada.

Cirurgia a Laser

O tratamento da celulite com laser é feito da seguinte maneira: na área que vai ser tratada, é aplicada anestesia local e, por meio de duas pequenas incisões (do tamanho da ponta de uma caneta), são inseridas cânulas com a fibra ótica do aparelho. Em seguida, o laser é aplicado, destruindo a gordura localizada e quebrando septos fibrosos que deixam a pele com aspecto irregular. O procedimento ainda estimula a produção de colágeno, deixando a pele mais firme e com maior elasticidade. Todo o processo leva cerca de uma hora e meia. Como o tratamento é invasico, ele não é indolor, deixa hematomas e tem os riscos de uma microcirurgia

Carboxiterapia

  A carboxiterapia, apesar de recomendada em algumas clínicas de estética para todos os tipos de celulite, tem algumas controvérsias médicas. Isso porque, inicialmente, a técnica foi criada para tratar úlceras na pele - a injeção de dióxido de carbono melhorava a circulação sanguínea e a oxigenação dos tecidos, fazendo com que as feridas se fechassem mais rapidamente. Depois, começou a ser usada no meio estético com a ideia de que sua ação vasodilatadora também poderia reduzir a flacidez e as irregularidades decorrentes da celulite. Mas até agora foram feitos poucos estudos sobre a eficácia e a segurança do método, então a maioria dos dermatologistas não apoia o tratamento.E quando feita tem que ser feita sob supervisão medica.

Ultrassom com lipolíticos

O efeito mecânico e/ou térmico do ultrassom estético lipolítico tem sido bastante usado no combate à celulite e à gordura localizada. A promessa do tratamento é realizar modificações nas ligações intercelulares e aumentar a permeabilidade da membrana celular. Ele tem uma potência maior do que o ultrassom convencional e, geralmente, é acompanhado de um gel que auxilia a movimentação do aparelho e facilita a penetração da onda sônica. Entretanto, mais estudos são necessários para provar a real eficácia do método, o que faz com que o tratamento ainda desperte desconfiança no meio médico.

Gesso liporredutor

O gesso liporredutor é uma mistura de substâncias que endurecem quando aplicadas sobre a pele, promovendo aquecimento, vasodilatação e melhor penetração de princípios ativos como a cafeína. Teoricamente, a cafeína atuaria quebrando a gordura, estimulando a microcirculação e drenando o líquido acumulado. O problema é que esse tratamento tem apenas base teórica, não havendo comprovação científica da sua eficácia.

Criolipólise

  Desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a criolipólise usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. O aparelho é colocado na superfície da pele, fazendo as células de gordura serem congeladas a temperaturas negativas para serem destruídas. Em contato com a baixa temperatura, as células de gordura - chamadas de adipócitos - se rompem totalmente. Em consequência, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e as expele naturalmente. O tratamento vem fazendo tanto sucesso que está chamado de "a nova lipoaspiração", com a diferença de que diferentemente desse método, a criolipólise não é um procedimento cirúrgico. Essa técnica é mais indicada para gordura localizada.
Subcisão
Essa é uma técnica cirúrgica feita em consultório e utilizada para corrigir alterações do relevo da pele, como cicatrizes de acne, rugas localizadas profundas, celulite de grau avançado e cicatrizes deprimidas, ou seja, que formam uma depressão na pele. Ela faz isso rompendo os septos fibrosos, divisões fibrosas entre os compartimentos de gordura, que puxam a superfície da pele para baixo. Como o tratamento é invasivo, ele não é indolor, deixa hematomas e tem os riscos de uma microcirurgia.

Lipocavitação

  A lipocavitação é um tratamento estético que utiliza o ultrassom para reduzir a gordura localizada em qualquer área do corpo que tenha acúmulo de gordura.
  O ultrassom é emitido por uma máquina e repassado à área de tratamento através de um cabeçote, a extremidade deste aparelho. A energia ultrassônica emitida penetra até a gordura subcutânea, gerando pequenas bolhas dentro das células de gordura. Essas bolhas aumentam progressivamente em número e causam agitação no interior da célula e levam ao seu rompimento.
  O problema é que esse tratamento tem apenas base teórica, não havendo muita comprovação científica da sua eficácia.

Ondas acústicas - Acoustic wave therapy (AWT)

  Essa tecnologia já está muito bem estudada em outras áreas da medicina como Urologia (litotripsia ou quebra de pedras) e ortopedia (esporão de calcâneo).A força das ondas de pressão destrói as fibras da celulite de graus I a III, e facilita a drenagem linfática local e estimula os músculos. Essa técnica tem o diferencial de atuar até as camadas mais profundas.

Corrente Russa

  A corrente russa é um estímulo elétrico usado para produzir uma contração muscular no local em que ele é aplicado. Com isso, pode haver melhora no tônus muscular e na flacidez da pele, além de estimular a circulação sanguínea e linfática e a oxigenação celular. Esteticamente pode ser usada para promover maior tonicidade muscular facial e corporal. Não atuar diretamente na celulite e sim na flacidez muscular.

Fonte: www.minhavida.com.br

Espero que tenham gostado.
Beijos